Para um “mundo bem melhor” ?

29.11.2015

 

Creio que o mais difícil para mim hoje seja a impotência em explicar aos homens seculares a existência do amor de Deus e esta outra dimensão.

O homem mundano vive como que anestesiado e com uma barreira quase inquebrável formada por sua auto suficiência e orgulho.

Mas agora vejo isto como esporte, uma espécie de desafio na minha caminhada: tentar quebrar estas muralhas.

As vezes sinto uma perda de força com relação a natureza humana.

Observo os conflitos e murmúrios dentro das comunidades religiosas originados pela vaidade , necessidade de sobressair e conquistar um lugar melhor na suíte do hotel celeste.

Está mais do que visível que existe uma tendência do cristianismo retornar como foi no seu inicio , com reuniões em casa , “células” e pequenas comunidades.

O homem desde que inserido em uma instituição , automaticamente cria-se uma hierarquia e começa toda a sequencia de comandantes e comandados.

Muitas instituições religiosas (tradicionais ou não) , fraternidades iniciáticas e sociedades “secretas” oferecem ao “crente” ou discípulo , um “mundo bem melhor” , porém existe aí um grande desafio que consiste justamente na necessidade , da transformação do mundo.

Enquanto uma instituição consegue “converter” mais um crente ou discípulo , o mundo “converte” mais de cem. A competição é desleal.

Por isso que, para estas instituições conseguirem aumento em sua eficácia e seu “raio de ação” é necessário uma “aliança” com o poder (com o mundo) para ter acesso ao “sistema” e a mídia. E assim assistimos as instituições religiosas em todo mundo estabelecerem “parceria” com o poder politico (registrado em toda a historia das religiões)  e nos últimos anos ,com a mídia (canais de TV , radio e internet).

Entretanto existe uma grande armadilha nisto tudo. Para se conquistar o poder ou se manter nele , é praticamente impossível não se corromper , quer seja no elemento econômico ou no ideal. Desta forma as instituições começam a trabalhar de acordo com o “sistema” e sem perceberem , começam a servir ao mundo e não a Deus, contribuindo portanto para um “mundo bem pior” .

A sedução do sucesso obtido por meio do uso do poder e a mídia ,arrasta o homem para longe de seu propósito inicial.

Jesus Cristo não prometeu a ninguém um “mundo bem melhor” e sim mostrou dois caminhos , um que leva a salvação e o outro a “perdição” .

Existe aí uma decisão fundamental na vida do individuo , seguir a Deus ou ao mundo (riqueza , poder etc.) e caso decida por seguir a Deus, existe outro desafio ainda maior , que é manter-se neste caminho sem ser “fisgado” .

Ganhar mais uma alma para Deus é sempre uma festa no céu , mas perder-se no caminho , deixo para o evangelista Lucas a “sentença final”.

 

 

 

"Aquele servo que conhece a vontade de seu senhor e não prepara o que ele deseja, nem o realiza, receberá muitos açoites.

Mas aquele que não a conhece e pratica coisas merecedoras de castigo, receberá poucos açoites. A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais será pedido”. (Lucas 12: 47-48)

 

 

 

 

Please reload

  • Facebook Black Round
  • Google+ Black Round
  • Tumblr Black Round

© 2023 por Voz do Sucesso. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Black Round
  • Google+ Black Round
  • Tumblr Black Round