O que é a paz de Cristo?


O mundo inteiro quer paz, só não sabe onde buscar a verdadeira paz, daí surgem conceitos de paz que, longe de serem reais, são apenas a manifestação de nossos desejos. Assim, para muitos, paz é igual a dinheiro; para outros paz é uma família sem maiores problemas, sem filhos drogados, marido bêbado e esposa estressada; outros, ainda, entendem que paz é o mesmo que vida mansa, tranquila, equilibrada em todos os setores. Tudo isso é bom, mas não é paz.

Uma forma bem comum dos cristãos saudarem uns aos outros é dizer: A paz do Senhor, irmão! Ou A paz de Cristo ! Repetir esta frase da boca pra fora é o mesmo que dizer: bom dia! Não tem nenhum efeito espiritual. Pode ser até bacana, porém o que é mesmo a paz do Senhor ou a paz de Cristo?

Jesus ensinou a respeito de uma paz diferente de todos os conceitos humanos. Um dos títulos de Jesus é: O Príncipe da Paz, portanto, Ele é o Dono da Paz verdadeira, logo, a única paz possível de se encontrar neste mundo está em Jesus, veja o que Ele disse:

"Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo". (joao 14.27)

A paz que Cristo veio dar-nos é a mais profunda e radical que um coração humano pode desejar: a paz com Aquele que é a própria fonte do nosso ser, da nossa vida — Deus. "Deixo-vos a paz", diz o Senhor, "a minha paz vos dou; mas não a dou como o mundo", porque a paz que provém do mundo é enganadora: parece tranquilizar, mas perturba; parece confortar, mas atribula. A paz, porém, que vem de Deus é a que faz a alma repousar na verdadeira ordem: ordem do homem submetido a Deus, do corpo à alma, da vontade à razão, das paixões ao intelecto, da inteligência à verdade. É esta a paz que jorra, como de uma fonte perene, dos confessionários, onde Cristo, reconciliando-nos consigo e com o Pai, nos dá a nós, pobres penitentes, a certeza de estarmos em paz com Deus. Não porque mereçamos o perdão, mas porque o Senhor, rico em misericórdia, olha com bondade para a nossa pequenez miserável e, com generosa compaixão, abre-nos os tesouros da sua infinita bondade. Demos graças por recebermos tão precioso e imerecido dom! Deus, que nos reconciliou consigo, quer agora que nos reconciliemos com nós mesmos e aprendamos a reconciliar-nos com os nossos irmãos

Se você quer viver em paz, não adianta buscar a paz que o mundo dá, porque, de uma hora pra outra, você pode perder o “objeto” de sua paz. Entregue seu coração nas mãos de Jesus e Ele passa a se responsabilizar pessoalmente por lhe conceder Sua paz, aquela paz duradoura, sem limites circunstanciais, sem medo de ser feliz!

Fontes:

Site : Padre Paulo Ricardo . https://padrepauloricardo.org

Site: Sombra do Onipotente http://sombradoonipotente.blogspot.com.br

  • Facebook Black Round
  • Google+ Black Round
  • Tumblr Black Round

© 2023 por Voz do Sucesso. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook Black Round
  • Google+ Black Round
  • Tumblr Black Round